Cabeamento Estruturado: Projeto e Instalação

Prefácio

A crescente busca do mercado por profissionais para desenvolvimento de projetos e implantação de sistemas de cabeamento estruturado para edifícios comerciais, com qualidade e dentro das normas vigentes, tem sido um grande desafio, bem como o entendimento do projeto para acompanhamento e fiscalização da implantação por parte di cliente. O livro "Cabeamento Estruturado: Projeto e Instalação" reúne, como nenhum outro, todos os aspectos relacionados ao desenvolvimento e à instalação de soluções para sistemas de cabeamento para telecomunicações em edifícios comerciais, ou cabeamento estruturado, como é conhecido no meio técnico.

O doutor Paulo Sérgio Marin utiliza em sua obra uma linguagem simples, conseguindo orientar não apenas os profissionais da área no desenvolvimento de soluções e sua implantação, mas também o cliente no entendimento do projeto, dos conceitos adotados e, sobretudo, na fiscalização da implantação do projeto, demonstrando ser um grande aliado. Quanto ao autor, Paulo Marin, além de grande professor no tema, é um grande amigo, companheiro e orientador, e, apesar da sua complicada agenda, sempre arruma um tempo para dedicar aos amigos e colocar o "café" em dia.

A importância do "ser" sobrepondo-se ao "ter" é demonstrada nesse "cara" de grande valor, que, independente de ter conquistado a notória especialização em temas tão complexos, ser reconhecido internacionalmente e ter produzido obras de tamanha envergadura, é uma pessoa simples, amiga, acessível e sempre presente para amigos e familiares. Este livro, sem dúvida, trata o assunto de forma abrangente e completa, e, por experiência própria, ele se tornará, em poucos capítulos, seu novo livro de cabeceira. Paulo, parabéns pela pessoa iluminada que você é! Tenho muito orgulho de tê-lo como amigo. Parabéns pela obra e muita saúde, paz e sucesso.

Aos leitores, parabéns pela escolha! Que este livro torne-se a mola propulsora de muitas conquistas em sua vida Profissional.

Engenheiro Marcio Proença