Data Centers - Engenharia: Infraestrutura Física

Prefácio

A implantação de data centers é uma área da engenharia que se desenvolveu de forma muito rápida, e que envolve conhecimento técnico profundo e multidisciplinar. Até recentemente falávamos em “Centros de Processamento de Dados”, mas o que agora denominamos “Data Centers” tem aspectos muito específicos, que se destacam enormemente do que estávamos acostumados nos antigos “CPDs”.

Por esses motivos, há uma grande lacuna na literatura técnica sobre o assunto. E este livro não poderia ter chegado de maneira mais oportuna. Digo isto por três motivos: a) está chegando na hora certa; b) surge no local certo; c) é escrito pela pessoa certa.

A hora certa. Atualmente há uma intensa movimentação no mercado de tecnologia da informação para estabelecer e criar condições apropriadas para redes de computadores, aplicativos empresariais e de entretenimento, sistemas informatizados de compra e venda eletrônica, sistemas de processamento móvel, computação em nuvem, e milhares de outras atividades. É um frenesi altamente competitivo, que extrapola mercados regionais e nacionais, em que as empresas buscam cada vez mais performance e só os que têm um ambiente tecnológico atualizado e disponível conseguem vencer a batalha de cada dia. Esta é a hora certa.

O local certo. Nos últimos anos, e especialmente após a crise de 2008, o Brasil vem se destacando no mercado globalizado como um ator fundamental, do qual as redes dependem cada vez mais, sejam elas redes sociais, de negócios ou de informações computacionais. Ideias, indústria, agricultura, novas oportunidades, soft power, expansão cultural, enfim,um conjunto de situações tem feito do nosso país um local para o qual os olhos estão voltados, e que tem um papel importante a desempenhar, liderando movimentos de tecnologia e empresariais. Este é o local certo.

A pessoa certa. Paulo Marin é um profissional conhecido no mercado de redes e de telecomunicações. Por muitos anos vem escrevendo periodicamente em jornais e revistas, prestando consultoria especializada, apresentando novas ideias tecnológicas e científicas. Isso tem feito dele uma referência ímpar no setor e, claro, um personagem popular no meio. Mas gostaria de aproveitar esta oportunidade e falar um pouco da pessoa do Paulo, pois, mais do que tudo, é um grande amigo. Eu o conheci nos anos de 1990. Mais ou menos na mesma época estávamos realizando o mestrado e depois o doutorado em Engenharia Elétrica, ambos na área da compatibilidade eletromagnética, mas em locais diferentes e sem conhecer os temas de pesquisa um do outro. Nossos pontos de contato eram os ambientes de redes de cabeamento, congressos técnicos e associações do setor. Mesmo em empresas diferentes, negócios diferentes, e cidades diferentes, sempre mantivemos um contato estreito e constante. Isso muito me honra, pela amizade que se desenvolveu entre nós e pela admiração que tenho por ele, seja como pessoa, como engenheiro ou como escritor. E o Paulo continua estudando, desenvolvendo conhecimento, realizando cursos, escrevendo livros, sempre de forma talentosa e destacada, especialmente nos temas relacionados aos data centers, sobre os quais lidera comitê normativo da ABNT.

Por todos esses motivos é que digo: é a pessoa certa!

Dr. Mauro Faccioni Filho, Eng°.